INFORMAÇÕES E SERVIÇOS PARA O CIDADÃO
Fundação Antares logo
Em Picos, queda na venda de castanhas chega a 50%
14/04/2021 - 12:33  
  
Twitter 
Google+ 
Vendedor nas margens da BR-316/ Imagem: TV Picos

Além de difícil, a castanha de caju está cada vez mais cara. Quem vende o produto nas margens da BR-316, na zona rural de Picos, tem reclamado dos preços praticados pelos fornecedores.

“Castanha é um produto que nunca baixa, até na safra tá num preço bem alto porque a concorrência de compradores é alta aqui na nossa região. Pra gente que trabalha com barracas, o produto fica caro”, disse o vendedor, Antonio de Elias.

O aumento do preço da castanha tem sido provocado pela entressafra. O produto que é colhido no segundo semestre é quase todo exportado. Os estoques da região são mínimos e quem tem, está esperando os melhores preços para vender.

Foto_14042021_120418

“Além de tá difícil e quem tem tá segurando. Esperar mais um precinho. Aí não pode, ela passar de um preço que ela já tá. A média era 6 reais. Teve até uns três anos que ela chegou à 10 reais o quilo”, contou o vendedor Dedeus Santos.

O preço do quilo da castanha junto aos fornecedores mais do que dobrou nos últimos meses. Atualmente, custa R$ 6,50 (seis reais e cinquenta centavos). Mas o produto caro não é sinônimo de qualidade, muitas castanhas acabam não sendo aproveitadas.

A venda fracionada garante uma boa renda. Dependendo do tamanho, os pacotes custam entre 3 e 30 reais, mas a pandemia da Covid fez a procura despencar. A queda nas vendas chega a 50%.

Jonas Rochas da TV Picos para o Sistema Antares de Comunicação

Fundação Antares do Piauí
Avenida Valter Alencar, 2021, Monte Castelo CEP: 64.019-625 – Teresina/Piauí.
Tel.(86) 3216-5060 Fax: (86) 3216-2172 TV: (86) 3216-1982 Rádio: (86) 3216-5055 - © 2015. Todos os direitos reservados.